#BailaVini: apoio ao brasileiro toma as redes sociais
Futebol Interativo
Carregando...

22-09-22 |

#BailaVini: apoio ao brasileiro toma as redes sociais

Compartilhe img

#BailaVini: apoio ao brasileiro toma as redes sociais


Certamente o assunto mais comentado nos últimos dias no mundo do futebol foi o caso de racismo e xenofobia sofrido por Vinícius Júnior, craque da seleção brasileira e do Real Madrid. Em pronunciamento feito nas redes sociais, o atacante enfatiza a frase que tem tatuada no corpo "Enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho nos olhos, haverá guerra" e os inúmeros casos de racismo que já sofreu, desde sua época de categorias de base do Flamengo.

Tudo tomou uma proporção maior após sair uma declaração de Koke, jogador do Atlético de Madrid, que segundo o meia, foi distorcida pela mídia espanhola. O jogador diz: "se no final ele marcar um gol e decidir dançar, era isso que ele queria fazer. Cada um tem seu jeito de ser e comemora os gols como quer. Haveria uma bagunça com certeza (no estádio), o mais normal”. A bola de neve ficou cada vez maior após Pedro Bravo, presidente da Associação de Agentes da Espanha, fazer comentários racistas no programa El Chiringuito, um dos mais famosos da país. “Você (Vinicius) tem que respeitar o rival. Quer dançar, vá ao sambódromo no Brasil. Aqui tem que respeitar os companheiros e deixar de fazer o macaquices”, diz Pedro Bravo.

Clubes e jogadores se engajaram em apoiar Vinícius e a hashtag #BailaVini se tornou um dos assuntos mais comentados do mundo. Richarlisson, Neymar, Gabriel Jesus e até o Rei Pelé demonstraram apoio, além dos clubes Flamengo e Vasco no Brasil, dentre vários outros.

Após todas essas polêmicas chegou a hora de Vinícius Júnior se retratar. Em um vídeo nas redes sociais ele afirma que não irá parar, que continuará a bailar. Tudo isso serviu apenas para esquentar cada vez mais o clima para o Derby Madrilenho, dois dias depois. Instantes antes do início da partida foram testemunhados cânticos racistas da torcida Colchonera contra o brasileiro. Atlético de Madrid e Real Madrid se encontraram para a sexta rodada do Campeonato Espanhol em um jogo que transcendia as quatro linhas, mas também muito decisivo para a tabela da La Liga, valendo vaga no G4 e permanência na liderança. Com a bola rolando, o placar foi de 2x1 com direito a gol do também brasileiro e negro Rodrygo, com direito a baile na frente da torcida rival.

COMENTÁRIOS

COLUNISTA FI

Futebol Interativo Ver mais desse colunista

0 comentários

Essa publicação ainda não tem comentários.

Quero ser um colunista FI