OS LÍDERES MAIS INTERESSANTES DE SE VER
Futebol Interativo
Carregando...

11-11-22 |

OS LÍDERES MAIS INTERESSANTES DE SE VER

Compartilhe img

OS LÍDERES MAIS INTERESSANTES DE SE VER


Hoje iremos falar sobre os destaques da Copa do Mundo Catar 2022 da profissão mais pressionada, tirando o jogador, do mundo do futebol. Quando a equipe, ou dependendo da tradição da seleção, tem uma sequência de resultados inesperados, o primeiro culpado é o técnico. Muitas vezes não se é notado tudo o que se cerca os jogadores e a comissão técnica. No Brasil, podemos dizer que este fato é a regra, e não a exceção. Já no trabalho de seleções, os treinadores tendem a serem mais longevos, salvaguardando aqueles com rendimentos bem abaixo do esperado durante muitos jogos.

Dito isto, a cultura brasileira procura desconstruir conceitos antiquados quanto ao futebol, buscando evoluir cada vez mais para fatores que se assemelham à grandes clubes e seleções de sucesso pelo mundo, com projetos duradouros. Após o que pode se chamar de pressão popular de torcedores, especialistas e mídia, Tite completa seu segundo ciclo de Copa do Mundo, com tudo levando a crer que será o seu último. Com solidez defensiva, grande variação no ataque, e jogadores acima da média em grandes momentos nos seus clubes, para o autor, Tite vem para ser o principal destaque desta copa do Mundo, junto com a principal favorita do título, a seleção Brasileira.
A seleção francesa tem seu treinador há 10 anos. Didier Deschamps fez um trabalho muito interessante, e possui grandes atletas em seu plantel, experientes e vencedores, porém, é extremamente raro uma seleção ser bicampeã de forma consecutiva do torneio. O treinador tem um modelo de jogo de solidez defensiva e rápidas transições, tendo o material humano necessário para isso, apesar de recentes lesões atrapalharem seu planejamento para a copa. Além disso, talvez um resultado negativo leve à sucessão que muitos querem ver, Zinedine Zidane assumindo a seleção francesa, o qual possivelmente traria sua vasta experiência como jogador e títulos de expressão também como treinador.

Lionel Scaloni, comandante da Argentina, vem de uma invencibilidade de 33 jogos, com vitórias e títulos sobre o Brasil e a Itália. Outro treinador que se vale da solidez defensiva, além da extrema qualidade de seu jogador extraclasse, Lionel Messi, um dos melhores jogadores da história do futebol mundial, e que conquistou tudo que podia como jogador, fora a Copa do Mundo. Falando em títulos de expressão, o novo comandante da Alemanha, Hans-Dieter Flick, multi-campeão com o Bayern de Munique, vem como o treinador a se ficar de olho. Comandante em início de trabalho, vem com time competitivo, jogo propositivo, ataque forte fisicamente e tem tudo para chegar longe nessa copa.

Na Holanda, Louis Van Gaal traz novamente sua experiência à seleção dos países baixos. A novidade é que ele tem convocado mais goleiros do que o comum para testes, e ainda convocou um treinador de voleibol, para ajudar na preparação dos goleiros para disputas de pênaltis, o que foi determinante para a seleção holandesa em 2014, que quando o goleiro Krul foi acionado no final do jogo para a disputa de pênaltis, a seleção dos países baixos saiu classificada. Naquela copa, terminaram ainda na terceira colocação. Podemos esperar grandes estratégias de todos estes personagens, que possuem excelentes condições e material humano para brilhar nessa copa! Não deixem de acompanhá-la e acompanhar o conteúdo do Futebol Interativo.

COMENTÁRIOS

COLUNISTA FI

Fred Bassin Ver mais desse colunista

Robson Dias

muito bom, boa perspectiva dos fatos

05/12

Fred José

Excelente análise. As principais seleções e seus astros abordados de forma clara e direta. Parabéns!

05/12

Rasec

Muito bom, e provavelmente alguns bons nomes desses vão cair após a copa. Show de bola professor.

05/12

Dimi Sideris

Texto brabo, fessô! Mandou mt

05/12

Cristian Mateus

Gigantesco! Sou seu fã!

05/12

Wallace

Boa professor! Excelente texto!

05/12

Fred Bassin

Obrigado pelo comentário Leonardo

05/12

Leonardo Venancio

Excelente texto. Esclarecedor e oportuno! Que venha a Copa! Parabéns.

05/12

Quero ser um colunista FI