Psicologia do Esporte aplicada ao futebol
Futebol Interativo
Carregando...

20-05-22 |

Psicologia do Esporte aplicada ao futebol

Compartilhe img

Psicologia do Esporte aplicada ao futebol


Muita gente não sabe, mas antes de fundar o Futebol Interativo eu estudei e trabalhei com Psicologia do Futebol. Após a graduação me lancei no mestrado a fim de investigar aspectos relacionados ao sono e processos cognitivos em atletas de rendimento.

Como parte da minha formação, tive a oportunidade de estudar e trabalhar em diferentes partes do Brasil e fora dele sempre conciliando Psicologia e Futebol. Neste post eu conto um pouco desta trajetória - #4AnosDeFI: Quem não sonhou em ser um jogador de Futebol?

A Psicologia como uma dimensão do treinamento esportivo

O treinamento esportivo é entendido como o preparo físico, técnico-tático, intelectual, psíquico e moral do atleta através de exercícios físicos. Para o desenvolvimento das capacidades físicas e mentais do atleta, o treinamento esportivo se embasa numa estrutura formal e institucionalizada. O suporte da estrutura do treinamento esportivo se dá a partir das áreas de estudo da fisiologia, biomecânica, nutrição, psicologia, sociologia, medicina esportiva, aprendizagem motora, história e sociologia do esporte. É a junção e a aplicação do conhecimento interdisciplinar que desenvolve as habilidades do atleta na produção do desempenho ótimo.

Toda a preparação do atleta é realizada visando a melhor performance física com o menor gasto energético. Por isso, os profissionais que trabalham com a preparação do atleta para as competições precisam atuar de forma conjunta e equilibrada. Nessa estrutura o psicólogo atua analisando e transformando os determinantes psíquicos que interferem no rendimento do atleta e/ou grupo esportivo.

Como é feito o trabalho do(a) Psicólogo(a) do Esporte?

O trabalho do psicólogo do esporte é realizado a partir de programas de treinamento psicológico e através da aplicação de técnicas de preparação mental específicas do contexto do esporte (SAMULSKI, 2002). Também é realizado durante os treinamentos, através da observação do comportamento do atleta, de trabalhos em grupo com a equipe e com uma atuação direta junto ao treinador e comissão técnica. Após a definição dos objetivos do trabalho junto com a comissão técnica, realiza-se a avaliação do atleta ou da equipe, seguido da elaboração do trabalho embasada em princípios científicos e métodos teóricos validados, execução e reavaliação das variáveis iniciais (ver exemplo em SCALA, 2000).

Para que o trabalho da Psicologia do Esporte seja eficaz é fundamental que haja o estabelecimento de metas junto ao atleta e comissão técnica com a qual trabalham. As metas precisam corresponder ao alcance real da capacidade do atleta, e recomenda-se estar associada ao trabalho físico e tático realizado com os profissionais da comissão técnica.

Muita coisa mudou e o futebol, bem como o esporte em geral, tem entendido cada vez mais a necessidade de inserção de profissionais de Psicologia em equipes multidisciplinares - seja na formação de atletas (categorias de base) ou seja no alto rendimento. Tá interessado(a) em se aprofundar no universo da Psicologia do Esporte Aplicada ao Futebol? Inscreva-se AGORA GRATUITAMENTE no FUTMIND! CLIQUE AQUI!

COMENTÁRIOS

COLUNISTA FI

George Klinger Ver mais desse colunista

0 comentários

Essa publicação ainda não tem comentários.

Quero ser um colunista FI